Aconselhamento – Finanças & Tudo




As vezes, uma derrota na nossa vida parece levar a outra, que chama mais uma e nos vemos assim, sem forças para encontrar uma saída que parece que não existe.
Basta ficarmos com dívidas por exemplo, para o amor começar a ter problemas, a saúde começa a fraquejar, os amigos vão se afastando…
Parece que tudo e todos estão contra nós, não é mesmo?
Tem gente que era cristão fervoroso e até começa a duvidar de Deus, ou dizer que ele é o culpado por tudo…
Na verdade, se fizermos uma reflexão séria, perceberemos que o maior culpado de tudo somos nós mesmos. Somos nós que afastamos os amigos, ou nos afastamos, damos “patadas” na pessoa amada, acabamos com o nosso fígado com o mau-humor e o cérebro com aquela inquietação:
– Como será que pagarei isso, como vou comer, o que vou vestir?
E se temos família, ficamos pior ainda.

Mas, o ficar pior que parece natural é a pior coisa que pode nos acontecer. É lógico que devemos nos preocupar coma situação, ou com as situações, mas, a preocupação deve ser com a SOLUÇÃO, não com o problema.
Por exemplo, se falta dinheiro para as contas e se o seu salário não vai aumentar do dia para a noite, mas você tem horas vagas, que tal usar um talento que você tem e transformá-lo em ideia que pode virar dinheiro.
É de repente você faz um pastel maravilhoso, um bolo de cenoura com chocolate, arte em papel, cupcakes, batida de limão, sei lá…você deve descobrir ou revelar em você possibilidades.Tenho uma migo que durante certo período da vida, passou uma dureza, mas uma dureza de dar dó, até cesta básica ele ganhou da família para socorrer, e olha que ele tinha um padrão de vida super legal. Pois bem, nessa época de vacas magras ele entrou em depressão, a mulher cansou de tentar ajudar, os filhos se revoltaram e ele ficou uns 10 dias sozinho, parado numa cama, olhando para o teto…

Uma conhecida apiedando-se dele, foi levar uma sopa para ele e convidou-o (apesar daquele aspecto horrível) para fazer ovos de páscoa com ela, ajudando na confecção dos ovos.
Ele sabe-se lá porque cargas d’água levantou-se e foi como um zumbi fazer ovos de páscoa com a Dona Juvena. Para encurtar a história, esse homem descobriu-se um artesão dos ovos e venderam tantos ovos, mais tantos ovos

que ele começou a criar sabores de chocolates…
Para encurtar ainda mais a história, esse homem hoje é dono de uma empresa de chocolates que emprega mais de 300 funcionários…

E ele só se arrepende de uma coisa: do tempo em que ficou pensando nos problemas, pois se tivesse focado na busca das soluções, não teria perdido tanto.

Por isso, se você deve, não faça novas dívidas, não procure um agiota, não peça dinheiro para amigos ou familiares. melhor ficar devendo só para um do que para cem.



Pense, use a inteligência.

Foco nas soluções.

Não pergunte: Quem poderá me ajudar?
Porque o Chapolim Colorado não vai aparecer.
Nem pergunte: O que vou fazer para resolver.
Questione-se sobre qual a melhor solução para o problema.
O que eu preciso fazer para resolver esse problema.
Pronto!

[wp_bannerize group=”shake”]

Alivia a mente, liberta a alma e nos prepara para a vitória.
Uma idéia é muito melhor que um milhão, pois uma ideia pode virar cem milhões e 1 milhão pode se reduzir a dívidas quando mal usado.
Respire, pense e vença.
Fácil?
Quem disse que a vida é para ser fácil?
A vida pede atitude e atitude por vezes exige muito esforço, mas eu te digo, vale a pena lutar e vencer.
Um abraço e seja Feliz.
Paulo Roberto Gaefke


Um comentário sobre “Aconselhamento – Finanças & Tudo

  1. Paulo, eu sou viciadaaaaaaaaaaaaaaaaaa, no seu site!
    Eu sou uma Enfermeira, com 3 pós-graduações, 22 anos de magistério também.
    Desde de 2009, perdi todos os meus empregos. Fui arrogante, fui prepotente, minha palavra era a Lei.
    Não foi atoa que eu era assim.Existia um motivo muito forte, para que eu fosse uma general. Em 2010 perdi minha mãe. Capotei literalmente. Não lembro do ano de 2010, minha mente apagou. Fiquei trancada no meu quarto, recebia comida na boca dos meus filhos, e por aí vai.
    2011. Fui parar em uma igreja chamada messiânica, fui sozinha, nem sabia o que era aquilo lá. Minha vida começou a clarear. Fui mudando, passando a entender mais a vida e as pessoas. Emprego nada, mas agradecia por ter a pensão alimentícia, que meu meu ex.marido ainda paga aos nossos filhos.
    Criatividade nenhuma, apesar de ser libriana e amar as artes em gerais.
    Um belo dia, comecei a jogar cartas. já tinha feito isso quando era mais nova, mas não suportava, achava uma invasão de privacidade.
    Mais comecei a estudar, o baralho cigano junto com a radiestesia.
    Comecei a enviar curriculo, e até hoje nada de enfermagem. Um belo dia dei uma de doida, e entrei na Uol e comprei um dominío.
    Hoje, vivo ainda com a pensão do ex., que pelo certo deve acabar esse ano a do filho, pois o mesmo termina a faculdade de Engenharia no IME, e já foi a 1 Tenente. Tenho a filha que está no 7 período de Direito. E comecei a investir no Autoconhecimento, sou uma nenen de internete, mas recebo pelo meu jogo, que considero sério e ético, e determinei. Vou colocando meus currículos, e enquanto não aparece nada, vou acreditando em mim mesma, estudando e atendendo as pessoas que me procuram, com carinho, com uma palavra de conforto, ouvindo por que o ser-humano precisa ser escutado.
    E sem medo, pois sei que um grande sol se abrirá a qualquer momento na minha vida.
    Esse texto acima foi muito reflexivo, a ponto de postar aqui no seu site, um resumo da minha vida.
    Paz e Luz!
    Beth

Deixe um comentário