Mensagem do Dia – O que restou de “nós”


Passei para te dizer que estava com saudade de você,
mas, infelizmente, eu não queria te ver,
queria deixar na minha lembrança
aquela imagem que eu criei de nós dois.
Uma fotografia daquelas que ficam na móvel da sala,
enfeitando o tempo que insiste em seguir…

Não, eu não queria te ver!
Queria apenas me lembrar daqueles momentos únicos que vivemos,
onde o sonho de ser livre parecia tão real que me aprisionava a você,
queria sentir o seu cheiro, apreciar o aroma do amor que exalávamos,
nas noites perdidas do amor inebriante que existia em nós.

E quantos “nós” foram criados em minha doce ilusão?
Havia o “nós dois” que eu criei,
o “nós dois” que você viveu,
e o “nós dois” que não suportou a rotina,
que desintegrou todos nós.

E o nós que nos restou se chama saudade.
Eu hoje lembrei de você mas não queria te ver,
apenas adormecer com aquele “nós” que sonhava e ainda está lá,
na fotografia do móvel antigo da sala que nem existe mais.
Nós não estamos juntos, nós não somos mais nós…
apenas eu, apenas você…

Eu acredito em você
Paulo Roberto Gaefke